Aldebaran, juntamente com o grupo do Núcleo-BR, esteve presente no dia 03/08/2017, em uma reunião em São Paulo, com o presidente do Colégio Notarial do Brasil, Sr. Paulo Roberto Gaiger Ferreira.
Estavam presentes também o Agnaldo da DeMaria e Marcos da Argon e o responsável de tecnologia do Colégio Notarial o Sr. Marcos De Paola. O objetivo da reunião era a apresentação da associação Núcleo-BR como apoiadora tecnológica dos projetos do Colégio Notarial e como agente fomentadora para a aplicação de tecnologia nos cartórios e crescimento do segmento. A reunião foi muito produtiva para ambos, estreitando o relacionamento e fortalecendo a parceria das empresas de tecnologia com o Colégio Notarial.

 

Curta a nossa página no Facebook!
Siga-nos no Twitter!
Veja os nossos vídeos no Youtube!
 

Fomos implementadores tecnológicos do projeto PetLegal no Paraná, em parceria com os cartórios de RTD e os institutos da classe.

 

Curta a nossa página no Facebook!
Siga-nos no Twitter!
Veja os nossos vídeos no Youtube!
 

Acontece de 26 a 29 de julho de 2017, em Foz do Iguaçu-PR, a 6ª edição do PARANÁ TIC, um importante evento, que anualmente é organizado pela Assespro-Paraná, na qual somos associados.
Aldebaran e Sandro, participam do evento, assistindo as conferências e palestras de especialistas nacionais e internacionais que estão abordando a tecnologia da informação e comunicação com base em Digital Business e a integração latino-americana. 
É uma grande oportunidade, para o surgimento de novas ideias e novas oportunidades para todos os envolvidos no evento.
Confira em nossa facebook mais fotos do evento. 
 
foto paranatic
 
 
Veja nossos vídeos no Youtube!
Siga-nos no Twitter!
 
 

O documento poderá conter o sobrenome da família e até foto do pet; a medida tem o objetivo de facilitar o processo em casos de perda, roubo ou disputas pela guarda do animal.
A partir do dia 7 de agosto de 2017, tutores de animais de estimação no Paraná poderão solicitar uma certidão de nascimento para seus pets com nome, sobrenome da família e até foto. O registro valerá para todos os tipos de animal, incluindo os exóticos.
O documento vai detalhar a raça, a cor e o porte do animal, assim como algumas características específicas, como marcas que facilitem a sua identificação”, afirma Arion Cavalheiro Jr., diretor da Associação dos Notários e Registradores do Paraná (Anoreg-PR).
A certidão de nascimento também terá uma foto do pet, que pode ser tirada no cartório ou entregue pelos tutores. O objetivo do registro é compilar o máximo possível de informações para facilitar em casos de perda ou roubo do animal e também em disputas de guarda.
Batizado de PetLegal, o serviço estará disponível, a princípio, nas cidades de Curitiba, Campo Largo, Francisco Beltrão, Paranavaí, Fazenda Rio Grande, Colombo e Maringá.
Este é um projeto piloto e gradativamente cada cartório do estado passará a oferecer o serviço”, informa Arion Cavalheiro Jr., diretor da Associação dos Notários e Registradores do Paraná (Anoreg-PR). Segundo ele, em uma segunda fase do projeto,  todos os registros serão cadastrados em uma central nacional.
Processo rápido
A certidão de nascimento do pet ficará pronta em menos de 15 minutos, segundo Cavalheiro. Os tutores devem comparecer ao cartório com RG, CPF e comprovante de residência – caso o animal tenha certificado de pedigree ou outro documento, é indicado levar.
O animal de estimação pode estar presente durante o processo.
 
A AnSata implementou no sistema VerusRTD essa opção para o registro dos pets. Em breve faremos um webinar apresentando o módulo e seu funcionamento no sistema. Acompanhe em nossos canais a publicação do convite para inscrição.
 
Fonte: Gazeta do Povo
 
Curta a nossa página no Facebook!
Siga-nos no Twitter!
Veja os nossos vídeos no Youtube!
 
 

A proposta da Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e), elaborada pelo Ministério das Cidades, foi aprovada no dia 25/07/2017, pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).
Agora, além do documento físico, os motoristas terão também o arquivo virtual da CNH, por meio de um aplicativo para smartphones. O documento virtual poderá ser apresentado no lugar da carteira física, e será identificado pela leitura do QRCode ou certificado digital. A carteira digital tem a mesma validade que o documento impresso.
Estamos dando um passo à frente, desburocratizando o processo. Há um conjunto de padrões técnicos para suportar um sistema criptográfico que assegura a validade do documento. Com isso, quem esquece a CNH em casa, não estará sujeito a multa e pontos na carteira. Basta apresentar o documento digital”, destacou o ministro das Cidades, Bruno Araújo.
Mesmo com a novidade, a emissão da CNH ainda ocorre normalmente.
 
cnh digital
 
CNH digital
Para adquirir a CNH, é preciso se cadastrar no site do Denatran com um certificado digital. Em seguida, o cadastro deve ser ativado a partir de um link que será enviado ao e-mail do motorista.
A ativação deve ser feita no aparelho em que a CNH será salva, que será protegida por um PIN. Essa senha será exigida todas as vezes em que o acesso ao documento for requerido.
Depois desse registro, a CNH eletrônica é exportada para o aparelho, após a autenticação pelo Denatran por meio da assinatura digital do Denatran. O sistema ainda permite o bloqueio do aplicativo caso o celular seja extraviado.
 
Fonte: Portal Brasil/Senado Federal
 
Curta a nossa página no Facebook!
Siga-nos no Twitter!
Veja os nossos vídeos no Youtube!
 
 

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 6651/16, do deputado Julio Lopes, que amplia os serviços prestados por cartórios de ofício de registro civil de pessoas naturais.
Pelo texto, esses órgãos são chamados de “ofícios da cidadania” e podem prestar serviços em convênio, credenciamento ou matrícula. Os cartórios de registro civil são responsáveis por atestar fatos da vida civil dos indivíduos como nascimento, casamento, divórcio ou morte
O objetivo é aproveitar a fé pública desses cartórios e a presença deles em várias localidades do País para ampliar a rede de atendimento das entidades parceiras ou conveniadas. O documento seguirá preferencialmente por meio eletrônico.
Segundo Lopes, a proposta vai ampliar a expansão de órgãos e entidades da administração pública, sem custos, pelo aproveitamento da capilaridade dos serviços do registro civil. “Os ofícios da cidadania constituem marco extraordinário de avanço rumo a eficiência, simplificação e desburocratização, aliando economia e ampliação de acesso aos cidadãos.”

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (inclusive quanto ao mérito).
 
Fonte: Câmara de Notícias
 
 
Curta a nossa página no Facebook!
Siga-nos no Twitter!
Veja os nossos vídeos no Youtube!